Embratur

Nova empresa low cost anuncia voos internacionais para o Brasil

por — publicado 07/01/2020 00h00,
última modificação 07/01/2020 11h57

Foto por: Divulgação

Aeronave da JetSmart, nova low cost operando no Brasil

Aeronave da JetSmart, nova low cost operando no Brasil

Embratur comemora a operação da sexta aérea de baixo custo no país

A companhia aérea chilena JetSmart começou a operar no Brasil com voos de baixo custo entre Santiago-Salvador e Santiago-Foz do Iguaçu. Em carta direcionada ao presidente da República, Jair Bolsonaro, o gerente-geral da empresa, Estuardo Ortiz, destaca a importância do mercado brasileiro e a intenção de fortalecer a malha aérea entre os dois países.

Para o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, com novos voos ligando os mercados internacionais ao Brasil, é possível aumentar a comercialização, movimentar a economia do país, gerando emprego e renda para a população.

“Isso se deve também ao aumento da procura de turistas pelo Brasil, especialmente pelas medidas adotadas pelo governo brasileiro de abertura do país em diversos setores, principalmente no turismo. Com a medida que permite até 100% de capital estrangeiro em companhias aéreas brasileiras, ações específicas realizadas nos mercados internacionais, em parceria com as companhias aéreas, são alguns dos motivos para este crescimento e interesse no Brasil. A ampliação de voos internacionais e opções de baixo custo são os principais pontos da nossa agenda governamental”, destacou Gilson.

Com a JetSmart, o Brasil conta com seis aéreas de baixo custo operando entre cidades estrangeiras e os destinos turísticos brasileiros. As outras são a Flybondi, a Sky Airline, Norwegian, Virgin Airlines e Air Europa.

A expectativa da empresa chilena JetSmart é transportar 33 mil passageiros anualmente entre Santiago e Salvador, com uma frequência de três voos semanais no verão e dois no restante do ano. Em Foz do Iguaçu, serão dois voos por semana. Todos serão sem escala, realizados com aeronaves Airbus A320.

Voltar ao topo