Embratur

Notícias

11/02/2020

Embratur estreita laços para atrair mais turistas japoneses para o Brasil

Em encontro com o embaixador do Japão no Brasil, Gilson Machado Neto reforçou ação de isenção de vistos, que reduziu a burocracia de entrada, aumento da conectividade aérea e mais investimentos para estimular fluxo turístico entre os países Ao isentar o visto dos japoneses que pretendem visitar o Brasil, o governo brasileiro quer atrair e aumentar o número de visitantes do país asiático, um dos que mais enviam turistas para o mundo. O diretor-presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, se reuniu na última terça-feira (4) com o embaixador do Japão no Brasil, Akira Yamada. Na pauta, além da medida de isenção dos vistos, os representantes dos governos brasileiro e japonês trocaram informações sobre o fluxo turístico entre os países, o perfil do turista asiático e a representatividade no Brasil, país que recebe o maior número de descendentes japoneses no mundo. “Hoje, mais de 2 milhões moram aqui”, informou o embaixador. Segundo ele, no Japão, são 270 mil brasileiros. Este ano, comemora-se os 125 anos da relação diplomática Japão-Brasil, assim como os 30 anos da comunidade brasileira no Japão. “Por meio dessa estreita interação, o ambiente para o fortalecimento da relação entre Japão e Brasil está se intensificando ainda mais. Além disso, enquanto se vê a recuperação da economia brasileira e o avanço das reformas, o interesse das empresas japonesas pelo Brasil vem crescendo cada vez mais. Quero me empenhar nas iniciativas público-privadas para a promoção do intercâmbio econômico e turístico entre Japão e Brasil”, afirmou Akira Yamada. De acordo com o diretor-presidente da Embratur, o turismo é uma das áreas mais importantes para a promoção da relação entre os países. “Os japoneses que visitam o Brasil ficam impressionados com o que veem, e vice-versa. Sabemos que as atrações turísticas no Brasil não são muito conhecidas pelos japoneses. Outro problema é a distância entre os países, sem voos diretos ou com conexões mínimas. No entanto, estamos em contato com companhias aéreas para a retomada de voo direto entre os países e/ou com poucas conexões. Queremos facilitar a vinda e alavancar o turismo entre as nações”, disse Gilson Machado. Ainda segundo o representante da Embratur, o cenário brasileiro está mudando e o país tem se preparado para receber mais visitantes internacionais. “Os números de violência no Brasil estão em queda nas regiões tipicamente turísticas. A isenção dos vistos foi uma ação muito positiva e com o tamanho da nossa rede hoteleira, temos muito a crescer ainda. Estamos mudando a imagem do nosso país, com a promoção de outras belezas brasileiras”, destacou o diretor-presidente Gilson Machado Neto. O embaixador se mostrou empenhado em ajudar a aumentar o fluxo turístico e sugeriu: “O brasileiro mais conhecido no Japão é o Zico. Ele é reconhecido e respeitado. Ele pode ser a pessoa certa para fazer a promoção do Brasil no Japão. Quem sabe até se tornar um Embaixador do Turismo Brasileiro, uma ação muito efetiva e eficiente”, destacou. O encontro contou com a participação dos diretores da Embratur Osvaldo Matos e Carlos Brito, e do assessor Rafael Luisi.  

Notícias

10/02/2020

Brasil e Emirados Árabes fortalecem relação para atração de turistas

Em mais um encontro com representantes do país árabe, o diretor-presidente da Embratur informa a intenção de instalação de representação brasileira nos Emirados e debate o aumento do fluxo turístico no país O representante da Embaixada dos Emirados Árabes no Brasil, Abdelrahman Almaazmi, pediu apoio da Embratur para a aprovação do Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 667/19, que entre outras proposições, trata de acordo para eliminar dupla tributação entre os dois países e prevenir sonegação e fraude fiscais. O diretor-presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, recebeu o encarregado de Negócios da embaixada na última quinta-feira (6), na sede da Agência. Além disso, eles conversaram sobre a isenção de vistos para a Índia, forte parceiro do país árabe. Abdelrahman Almaazmi se disponibilizou a intermediar nas negociações para essa liberação. “A isenção de vistos para os indianos tem todo o apoio dos Emirados Árabes. Será de grande importância para os turistas da Índia, já que possuem conexões por meio das companhias aéreas Emirates e Etihad, entre Dubai e Abu Dhabi com Nova Deli. Estou à disposição para tratar com a Índia e reforçar a importância da isenção para o aumento do fluxo turístico no Brasil”, afirmou o representante árabe. Além disso, o diretor-presidente da Embratur falou da intenção de abrir um escritório de representação brasileira nos Emirados Árabes Unidos. “Além de atrair mais turistas estrangeiros ao Brasil, a Embratur pretende, com a abertura do escritório, ampliar os contatos com agentes de viagens, empresas aéreas e de cruzeiros. Também queremos ajudar na atração de investimentos para o nosso país”, disse Gilson Machado Neto. O diretor de Marketing, Inteligência e Comunicação da Embratur, Osvaldo Matos, presente na reunião, solicitou aos representantes da Embaixada a indicação de profissionais do turismo e jornalistas dos Emirados para novas ações no Brasil, especialmente para promoção de famtours e press trips no Brasil. “Nosso objetivo é divulgar o Brasil em grandes potências mundiais, para, além de fomentar o turismo, gerar renda e divisas no nosso país. Quanto maior a divulgação, melhor será o retorno de investimento para o Brasil”, destacou.  

Notícias

Rei do Rolê é oficialmente lançado 15/10/2019

Rei do Rolê é oficialmente lançado

A mais nova campanha promocional do Embratur, uma espécie de reality show, é voltada para o público internacional com o objetivo de fortalecer o turismo do Brasil no exterior Já está no ar a mais nova campanha promocional da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo): “The King of Rolê”, ou traduzindo, “O Rei do Rolê”. Direcionada exclusivamente para o público internacional, a ação será promovida nos moldes de um reality show para divulgar o Brasil como destino turístico para o mundo. O Instituto, responsável pela promoção do turismo no exterior, lançou a campanha nesta segunda-feira (14). “Um concurso internacional na internet para escolher um estrangeiro disposto a passar 30 dias viajando pelo país, o que incluirá visita a destinos em todas as regiões e até um encontro com o presidente Jair Bolsonaro”, explica o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto. De acordo com ele, os estrangeiros deverão enviar vídeos, de até 1 minuto, explicando porque deveria ser escolhido para passar 30 dias conhecendo o Brasil de graça. Segundo o diretor de Marketing e Relações Públicas da Embratur, Osvaldo Matos, o "Rei do Rolê" será acompanhado por uma equipe de vídeo composta por representantes da Embratur. “O turista será filmado desde o momento que sair de casa no país de origem. Todos os episódios serão divulgados em redes sociais e ficarão disponíveis no site criado exclusivamente para a promoção”, diz o diretor. Para ser escolhido, o estrangeiro vai ter que cumprir uma série de exigências para mostrar que merece passar um mês no Brasil com tudo pago. Um dos quesitos avaliadosserão suas habilidades de comunicação em vídeo e em redes sociais. Para participar, o interessado deverá ser estrangeiro nato e gravar um vídeo com até 1 minuto com uma resposta para a pergunta: O que uma experiência de 30 dias no Brasil significaria para você? Após a gravação, deverá enviar o vídeo para o YouTube e registrar no site da campanha. O participante deverá compartilhar o vídeo da campanha em suas mídias sociais com a hashtag #30DaysInBrazilForFree, para confirmar sua participação, e pedir aos seus amigos que o ajudem para uma maior visibilidade. Os interessados terão até o dia 20 de novembro deste ano para inscrição. Segundo o presidente da Embratur, a ação terá o apoio de companhia aéreas brasileiras e de entidades hoteleiras. O custo estimado da produção é de R$ 3 milhões. A proposta é que o turista esteja no Brasil durante o Carnaval do próximo ano e faça um tour pela festa no Rio de Janeiro, Pernambuco, Bahia e São Paulo. A promoção está sendo divulgada principalmente em países que tiveram os vistos liberados para entrada no Brasil: Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão. Na Europa, a ação atingirá Portugal, Espanha, Alemanha, Itália e França, além da Rússia. Além disso, o objetivo é atrair, também, visitantes do Cone Sul, como Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai. De acordo com Osvaldo Matos, a ofensiva ocorre por mídia programática em sites e impulsionamento de publicações em redes sociais, além de estratégia de divulgação na imprensa.    

Videos

Presidente da Embratur concede entrevista ao CB Poder, do Correio Braziliense

Gilson Machado Neto falou sobre vários temas ligados ao turismo brasileiro, em especial Amazônia, óleo do Nordeste e consumo de pescados na região atingida.

Mais Acessadas

Banner Governo

  • Portal Visit Brasil
Voltar ao topo